OS MOVIMENTOS DA TERRA

A Terra com a sua forma esférica, um pouco achatada nos pólos abaulada no equador, executa entre outros dois movimentos muito importante: rotação e translação.

 

MOVIMENTO DE ROTAÇÃO

É o movimento que a Terra faz em torno de si mesma ou no eixo imaginário que passa pelos seus pólos. A duração desse movimento é de 24 horas, ou seja, mais precisamente de 23 horas, 56 minutos e 4 segundos, e sua velocidade é de 1,666 Km/h na altura do equador. Nos pólos a velocidade é nula. A Terra movimenta e gira sobre si mesma diante do Sol, o que possibilita a ocorrência dos dias e das noites.

O fato é que o Sol não poderia mesmo girar ao redor da Terra, pois se assim fosse, estaria contrariando a conhecida Lei de Newton, segundo a qual "os corpos se atraem na razão direta de suas massas..." Ora, se a massa do Sol é 330 vezes maior do que a da Terra, ele jamais poderia girar ao redor da Terra. A assim a "trajetória" diária do Sol ( nasce a Leste e se põe a oeste) é apenas aparente.

As conseqüências da rotação terrestre são:

MOVIMENTO DE TRANSLAÇÃO

É o movimento que a Terra (bem como os demais planetas) executa ao redor do Sol. A trajetória percorrida chama-se órbita e tem a forma ligeiramente oval, ou seja , elíptica.

essa órbita mede cerca de 930 milhões de quilômetros e é percorrida pela Terra em exatamente, 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 48 segundos, a uma velocidade média de 29,9 Km/s.

Enquanto a principal conseqüência do movimento de rotação é a sucessão dos dias e das noites, no caso da translação é a ocorrência das estações do ano, períodos durante os quais, dependendo da posição da Terra em relação ao Sol, os hemisférios norte e Sul da Terra poderão ser igual ou desigualmente iluminados. Isso, como sabemos, tem grande influência e importância na vida em geral e também nas atividades humanas em particular.

Por que existem as estações do ano?

Existem por dois motivos:

  1. Os planos do equador e da órbita terrestre não coincidem, ocorrendo uma inclinação da ordem de 23 27(vinte e três graus e vinte e sete minutos). Podemos dizer que o eixo imaginário da Terra está inclinado em relação ao plana do eclíptica.
  2. Durante a translação a Terra ocupa diferentes posições em relação ao Sol. Se os planos do equador e da eclíptica fossem coincidentes e se a Terra permanecesse sempre na mesma posição (digamos , perpendicularmente ao Sol), não haveria as quatro estações do ano, o Sol incidiria sempre na altura do equador. Os hemisférios norte e sul da Terra receberiam sempre a mesma quantidade de iluminação. Só há duas ocasiões que os dois hemisférios são igualmente iluminados: nos dias 21 de março e 23 de setembro, chamados dias equinócio (noites e dias iguais), épocas em que o Sol incide perpendicularmente no Equador, propiciando igual insolação nos dois hemisférios. Fora essas datas, a Terra mantém-se sempre inclinada em relação ao plano da sua órbita.

 

A TRANSLAÇÃO DA TERRA E ANO BISSEXTO

O movimento da translação terrestre é base ou referencial Para a divisão do tempo. De acordo com o antigo calendário egípcio, duração do ano civil era de 365 dias. Como movimento de translação da Terra é de 365 dias e 6 horas, os romanos corrigiram o calendário egípcio acrescentando a seu calendário (juliano, 46 a.C.) aquelas 6 horas que não eram computadas pelos egípcios.

Como "sobravam" 6 horas em cada ano, no final de 4 anos essas 6 horas, somados (24 horas), eqüivaliam a 1 dia. Os romanos acrescentaram, então, esse dia ao mês de fevereiro.

É por isso que, a cada 4 anos, o mês de fevereiro, que normalmente tem 28 dias, passa a ter 29. É chamado o ano bissexto. Como o ano de 1996 foi bissexto, os próximos serão 2000, 2004 e assim sucessivamente.

A pessoa que nascer no dia 29 de fevereiro, ano bissexto, e for registrado nesta data, só fará aniversário de 4 em 4 anos.

 

ESTAÇÕES DO ANO

 

 

Os Solstícios correspondem às épocas do ano em que os hemisférios norte e sul da Terra são desigualmente iluminados. Ocorrem nas seguintes datas:

21 de junho. È o solstício de verão no hemisfério norte. O Sol encontra-se na altura do Trópico de Câncer , ocasionando o verão, época de dias mais longos e noites mais curtas.

Os equinócios correspondem às épocas do ano em que os hemisférios norte e sul são igualmente iluminados. Ocorrem nestas datas:

 

PÁGINA INICIAL